Blog do Garreto - A credibilidade é o compromisso da informação!

Maldade ou falta de conhecimento: Vereadores oposicionista ao prefeito Maninho votam contra a saúde da população Alto-alegrense







Acidade de Alto Alegre do Maranhão deu no último dia (29), um importante passo com a aprovação da lei municipal que institui o Serviço Municipal de Inspeção Sanitária.
A votação para aprovação da Lei aconteceu após uma longa discussão entre vereadores da base do governo municipal e da oposição. Há pelo menos duas sessões o projeto vinha sendo retirado da pauta de votação a pedido do vereador de oposição Leocir Cutrim (Léo-PSD), o parlamentar alegou junto a presidência da câmara mais tempo para analisar o projeto.
Sob um discurso fraco e redundante, a oposição preferiu não votar pela aprovação Serviço Municipal de Inspeção Sanitária, que vai fiscalizar e punir estabelecimentos que comercializarem produtos sem condições de higiene, fora do prazo de validade e sem qualidade para o consumo humano, principalmente produtos de origem animal.
Contrariando o voto desfavorável da vereadora Célia Cruz (PHS) e Leo (PSD), os demais vereadores como: Irlana Cheila, José Garcia, Gordo do Zé de Paula, Neto Fiúza, Luiz de Lemos e Manoel Rodrigues votaram a favor da aprovação.
O presidente da câmara, ver. Manoel Rodrigues defendeu a aprovação e chegou a pedir os votos da oposição em favor do projeto de Lei, segundo ele a aprovação representa um passo importante para a saúde de milhares de pessoas do município que passarão a ficar mais protegidas contra alimentos de procedência duvidosa.
O projeto de lei enviado para a votação no poder legislativo, é uma preocupação do prefeito Maninho de Alto Alegre com a área sanitária do município. O prefeito que está em Brasília na XVIII Marcha dos Prefeitos, comemorou a aprovação do projeto destacando o grande impacto positivo da lei em vigor na vida de toda a população Alto-alegrense.
A sessão do DIA (29), faz a sociedade avaliar e observar quem são os vereadores que votam contra os interesses da população. 


Fica aqui o direito de resposta aos mesmos…

Categoria: Notícia Geral

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*