Blog do Garreto - A credibilidade é o compromisso da informação!

Vereador Florêncio Neto denuncia a redução de salários e as péssimas condições de trabalho dos radiologistas no Pronto Socorro Municipal de Bacabal

Da Assessoria
Vereador Florêncio Neto

Na última sessão da Câmara Municipal de Bacabal o vereador Florêncio Neto fez uso da tribuna para falar das condições desumanas em que estão submetidos os radiologistas do Pronto Socorro Municipal. Além disso, o vereador denunciou também a redução de salários da categoria, sem nenhuma explicação por parte do poder público municipal.
Para o vereador, a situação desses profissionais é grave, pois expõe os mesmos a péssimas condições de trabalho, e fere a Lei 7394/85, que rege a categoria. Aos profissionais da área, a lei garante no mínimo dois salários, vinte e quatro horas de trabalho semanais e um adicional de 40% de risco de vida e insalubridade. Nada disso a Prefeitura vem cumprindo, afirma o vereador, inclusive reduziu o salário para 724 reais e não paga os 40 por cento que a categoria tem direito.
Florêncio Neto também chamou atenção para a sobrecarga de trabalho que hoje a Prefeitura exige destes profissionais, que além das suas atividades normais, ainda tem que atuar em outras funções como técnicos de imobilizações para o qual não foram treinados. Outro ponto abordado, foi em relação a produtividade, que cada radiologista tem que atingir num turno de 12 horas que chegar a ser de 100 raios-X, com máquinas que nem sempre funciona direito. O vereador se comprometeu em acompanhar o caso e que está atento as irregularidades cometidas contra todos os servidores municipais.
Categoria: Política

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*