Blog do Garreto - A credibilidade é o compromisso da informação!

Secretário de Agricultura José Patrício participa da Agritec/Caxias

secretário José Patrício ao lado do engenheiro Sandro Motenegro e técnicos de AGERP

A Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec) do Território dos Cocais, iniciou nesta quarta-feira (11), em Caxias, com uma novidade para o Maranhão. O estado receberá R$ 20 milhões do Governo Federal para ampliar a capacidade produtiva das famílias nos municípios com menor IDH do estado.

O município de Alto Alegre do Maranhão foi representado na Agritec pelo secretário municipal de Agricultura José Patrício juntamente com técnicos de Argerp que atuam no município alto-alegrense. Outro destaque de Alto Alegre do Maranhão, foi a participação da agricultora Lúcia da comunidade Marmorana que levou para o evento o doce da babata bioforticada elogiado pelo governador Flávio Dino pela qualidade e sabor.


governador Flávio Dino provando o doce alto-alegrense














A participação de Alto Alegre do Maranhão foi possível graças os subsídios dados pela prefeitura municipal através da secretaria de Agricultura que firmou este ano um acordo de cooperação técnica com a Embrapa para implantação de projeto bioforte.
“Nosso município está sendo uma vitrine na Agritec graças ao nosso trabalho de suporte aos pequenos agricultores, muitos tinham vontade de produzir, mas não tinham noção, como foi observado pelo próprio governador viramos essa página e hoje agricultores de Alto Alegre do Maranhão podem produzir e ter sua própria renda”, destacou José Patrício.
O engenheiro agrônomo da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão – AGERP, Sandro Motenegro também participou desta edição da Agritec e mostrou otimista com o intuito do projeto e com o anuncio de mais investimentos na agricultura familiar.
Ao lado do governador Flávio Dino, o secretário nacional de Segurança Alimentar do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), Arnoldo Anacleto, destacou o novo momento no Maranhão, ao lembrar que em 2014 o estado devolveu R$ 44 milhões em recursos que deveriam ter sido aplicados na produção dos municípios maranhenses.
Categoria: Política

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*