Blog do Garreto - A credibilidade é o compromisso da informação!

Fraudes podem levar o prefeito de São João Batista para a cadeia…

Amarildo Pinheiro, prefeito de São João Batista
Amarildo Pinheiro, prefeito de São João Batista
O Ministério Público do Maranhão está na cola do prefeito de São João Batista. Amarildo Pinheiro Costa (PP) corre o risco de ser preso a qualquer momento sob a acusação de fazer parte de uma organização criminosa que já vem sendo investigada. O gestor responde por uma Ação Civil Pública (ACP) impetrada pelo MPMA por ato de improbidade administrativa.
A Ação requer o afastamento de Amarildo como suspeito de fraudar licitações e falsificar documentos, juntamente com o secretário municipal de Administração e Planejamento, Izael de Oliveira Cassiano, e o presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do município, José Ribamar Pereira Santos.
As licitações referem-se aos serviços de alimentação e hospedagem prestados durante a festa da vitória de Amarildo em 2012, além de seminário da administração municipal e também do Carnaval de 2013 pagos às empresas R.N Mendes Alves e a A. Edileusa Dourado.
Além do afastamento do prefeito, do secretário de Administração e Planejamento e do presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL) do município, o Ministério Público também requer a suspensão dos direitos políticos, por um período de até oito anos, assim como a condenação dos réus ao pagamento de multa no valor de até 100 vezes a remuneração recebida por Amarildo.
Ação Civil Pública contra Amarildo Pinheiro
Ação Civil Pública contra Amarildo Pinheiro
Minard
Categoria: Polícia, Política

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*