Blog do Garreto - A credibilidade é o compromisso da informação!

84% mortos por Covid-19 no Maranhão apresentam ao menos uma comorbidade

Um levantamento realizado pelo G1, com base nos dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), aponta que a maioria dos pacientes que vieram a óbito em decorrência do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão, apresentavam ao menos uma comorbidade. Os dados demonstram que 84% dos mortos pela doença tinham alguma doença pré-existente, enquanto 16% já não possuíam.

O G1 apurou que a hipertensão arterial é ainda a comorbidade que mais provoca complicações em pacientes que vieram a óbito no Maranhão pela doença. Desde março do ano passado, quando o estado, registrou a primeira morte pelo novo coronavírus, 2.423 pessoas morreram em decorrência de complicações da patologia.

Em seguida, aparecem no ranking de doenças que mais causam complicações em pacientes com Covid-19 a diabete melitus, com 1.738 mortos e as cardiopatias com 599 óbitos.

G1MA

EXCLUSIVO: Alto Alegre do Maranhão receberá apenas 214 doses da vacina do Covid-19; confira

O Governo do Maranhão iniciou, na manhã desta terça-feira (19), a distribuição das vacinas aos 217 municípios para a execução da primeira etapa da Fase 1 do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. O primeiro lote de doses da Coronavac, destinado ao estado, chegou na noite de segunda-feira (18) e os primeiros maranhenses foram imediatamente imunizados. Mais de 78 mil pessoas fazem parte do público-alvo nesta primeira etapa de vacinação.

Veja lista de pessoas a serem vacinadas por cidade.

O governador Flávio Dino destaca o papel do estado neste momento tão importante. “Nós preparamos tudo para atender aquilo que compete ao estado, o SUS é tripartite, União, representada pelo Governo Federal, Estados e Municípios. Temos toda a logística traçada para a distribuição segura dessas vacinas”, afirma o governador Flávio Dino.

O Maranhão recebeu do Ministério da Saúde 164.240 doses da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantã para a vacinação de 78.223 pessoas. Cada pessoa receberá duas doses da vacina e uma reserva técnica foi disponibilizada pelo Ministério da Saúde a fim de garantir que as doses sejam suficientes.

Desde as primeiras horas desta terça-feira (19), os imunobiológicos começaram a ser distribuídos para as 19 Regionais de Saúde, que farão a distribuição aos municípios. A meta é que até esta quarta-feira (20) todos os municípios já estejam prontos para iniciar a vacinação. Ao todo, mais de 78.223 pessoas serão imunizadas na primeira etapa da Fase 1, que contempla a população indígena aldeada em terra demarcada, pessoas com mais de 60 anos e com deficiência institucionalizadas, além de profissionais da saúde que estão trabalhando diretamente na linha de frente no combate à Covid-19.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, neste momento será imunizada a população mais vulnerável e que está aglomerada. “Ao longo das próximas fases, outros grupos prioritários serão contemplados, mas por conta da quantidade pequena de doses que cada estado está recebendo, é muito provável que a partir do início da vacinação as doses venham a se esgotar em poucos dias.

Com o envio de mais doses pelo Ministério da Saúde daremos continuidade às próximas fases da campanha de vacinação”, ressalta o secretário Carlos Lula.

Por determinação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) distribuirá apenas a primeira dose inicialmente. A entrega da segunda dose ocorrerá na terceira semana após a entrega da primeira. A segunda dose da Coronavac deve ser aplicada até o 28º dia após a aplicação da primeira.

Em Buriti do Maranhão, o prefeito eleito Arnaldo Cardoso começa mal

O prefeito eleito pelo PL, Arnaldo Cardoso, começa seu mandato com o pé “esquerdo”. Arnaldo Cardoso teve como base de sua campanha, críticas a saúde do município de BURITI-Ma, apontando falhas do êx prefeito Naldo Batista. Uma delas foi deixar de construir um hospital, para construção de uma praça; criticou também o período em que a clínica se manteve fechada.

Arnaldo Cardoso entra para a história na política Buritiense de forma “negativa”, como o primeiro gestor a fechar a única clínica de internação da cidade no ato da sua posse (dia 01/01/2021), em plena pandemia da covid-19, recebendo várias críticas de seus aliados, que acreditaram em renovação, mudança, e melhorias principalmente na área da saúde do município!

O fechamento da clínica causou indignação, e um caos no posto de saúde Osvaldo Faria, problemas administrativos , problema com lotação de funcionários, e aglomeração de pacientes sem o atendimento adequado. Criticado também por nomear secretários(secretarias de saúde, obras, transporte, finanças, educação, meio ambiente…) sem conhecimentos técnicos em cada setor, mas cumprindo seus acordos políticos de campanha, deixando pra segundo plano o bem estar da saúde do município de Buriti-Ma.

A população Buritiense se perguntar, como será a administração Arnaldo Cardoso? Uma admiração sem uma saúde de qualidade para a população, uma cidade suja, clica fechada, casa de apoio até o momento fechada,sem um secretariado qualificado para dar suporte ao município, não cumprindo com as promessas de campanha (empregos, saúde, limpeza,….).

Aos trancos e barrancos, e fazendo churrascos ainda em comemoração as eleições no ano de 2020, o município de Buriti-Ma, está sendo administrado pelo atual prefeito Arnaldo Cardoso.

Profissionais da saúde recebem as primeiras doses da Coronavac no Maranhão

Começou nesta segunda-feira (18) a vacinação contra a Covid-19 no Maranhão, pouco tempo depois que as primeiras doses da vacina chegaram ao estado. Veja no vídeo acima.

Em uma cerimônia realizada no estacionamento interno do Palácio dos Leões, cinco maranhenses receberam a primeira dose da Coronavac, produzida pelo Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac. A primeira a receber a vacina foi a técnica de enfermagem do Hospital Dr. Carlos Macieira, Egle Maia Sousa.

Também receberam a vacina nesta segunda (18):

Fabiana Guajajara – Indígena da aldeia Arariboia
Conceição de Azevedo – Médica infectologista do Hospital Presidente Vargas
Henrique Novaes Sobrinho – Fisioterapeuta do Hospital Dr. Carlos Macieira
Sônia de Matos – Enfermeira do Hospital Genésio Rêgo

Após ser vacinada, a indígena Fabiana Guajajara agradeceu os profissionais de saúde, cantou uma canção na língua tupi e reforçou a importância de se vacinar contra a Covid-19.

“Vacinar é preciso para continuar existindo”, disse Fabiana.

Altoalegrense morre em Santa Catarina vitima de Covid-19

NOTA DE PESAR: Faleceu na manhã desta segunda-feira 18, aos 21 anos,
Valmir da Silva Costa, o mesmo era do povoado Tijuco e morava na cidade de Gaspar no Estado de Santa Catarina onde também trabalhava. O jovem Valmir foi uma vítima do Covid-19. O seu sepultamento aconteceu por volta das 17h no Cemitério de Santa Terezinha no centro de Gaspar.
Deixamos aqui nossos sentimentos a família enlutada neste difícil momento de muita tristeza e dor. Que Deus possa consolar a todos.

TRAGÉDIA ENTRE CAXIAS E TIMON: GRAVE ACIDENTE DEIXA DUAS PESSOAS MORTAS

Um grave acidente envolvendo um veículo de passeio modelo Siena e uma carreta deixou duas pessoas mortas na manhã desta sexta-feira (15/01), na BR-316 próximo ao povoado Carnaúba de Pedra, zona rural de Timon, no Maranhão.

Segundo informações preliminares, as vítimas trafegavam pela rodovia em um Siena, preto, de placa PIE 7644 de Senador Alexandre Costa, quando o motorista invadiu a faixa contrária e colidiu frontalmente com a carreta.

Devido ao forte impacto da colisão, o veículo de passeio ficou com a frente completamente  destruída.

A Polícia Rodoviária Federal do Maranhão e o Instituto de Medicina Legal – IML foram acionados e estiveram no local para realização dos procedimentos cabíveis. Até o momento as vítimas não tiveram as identidades reveladas.

Erlanio Xavier vence eleição e vai presidir FAMEM até dezembro de 2022

 

A “Chapa 1 – Sálvio Dino: Municipalismo na prática” venceu as eleições da Diretoria e Conselho Fiscal da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, Famem, realizadas nesta quinta-feira, 14, na sede da entidade em São Luís.  O prefeito de Igarapé Grande, Erlanio Xavier (PDT) vai presidir a Federação no biênio 2021-2022.

A eleição, com votação presencial, da nova diretoria e do Conselho Fiscal da Famem teve a participação de 214 prefeitos. O prefeito de João Lisboa, Vilson Lima, não justificou e nem se fez presente na sede da entidade. Dois prefeitos deixaram de votar por estar cumprindo isolamento social devido à Covid-19, os prefeitos de Bequimão, João Batista; e de São Domingos do Azeitão, Lourival Leandro dos Santos Júnior (Júnior do Posto). Cinco votos foram anulados pela comissão eleitoral.

 

Veja na integra os novos dirigentes e respectivos cargos:

CHAPA 1: “Sálvio Dino – Municipalismo na Prática”

Presidente: Erlanio Furtado Luna Xavier  (Igarapé Grande)

1º Vice-Presidente: João Luciano Silva Soares (Pinheiro)

2º Vice-Presidente: José Carlos de Oliveira Barros (Vargem Grande)

Secretário Geral: João Igor Vieira Carvalho (São Bernardo)

1º Secretário: Aluísio Carneiro Filho (Esperantínópolis)

2º Secretário: Emerson Livio Soares Pinto (São João Batista)

Tesoureiro: Fernando Portela Teles Pessoa (Tuntum)

1ª Tesoureiro: Amaury Santos Almeida (Mirinzal)

2º Tesoureiro: Alexandre Magno Pereira Gomes (São João dos Patos)

Diretor de Educação: Vanderlei de Sousa do Nascimento Monteles (Anapurus)

Diretor de Saúde: Erik Augusto Costa e Silva (Balsas)
Diretor de Assistência Social: Samia Coelho Moreira Carvalho (Santa Quitéria do Maranhão)

Diretor de Meio Ambiente: Raimundo Nonato Carvalho (Magalhães de Almeida)

Diretor de Cultura: Raimunda da Silva Almeida (Fernando Falcão)

Diretor de Orçamento e Finança: Adriano Machado de Freitas (São Vicente Ferrer)

Diretor de Segurança:

Diretor Jurídico: Amílcar Gonçalves Rocha (Barreirinhas)

Diretor de Infraestrutura e Urbanístico: Raimundo Silva Rodrigues da Silveira (Parnarama)
Diretor de Representação de Brasília: Washington Luís de Oliveira (Bacuri)

1º Conselheiro Fiscal: Deibson Pereira Freitas (Trizidela do Vale)

2º Conselheiro Fiscal: Ubirajara Rayol Soares (Graça Aranha)

3º Conselheiro Fiscal: Cociflan Silva do Amarante (Ribamar Fiquene)

1º Suplente Fiscal: Antonio Coelho Rodrigues (Sítio Novo)

2º Suplente Fiscal: Francisco Flávio Lima Furtado (Duque Bacelar)

3º Suplente Fiscal: José Farias de Castro (Brejo)

Preso comerciante que matou namorada a facadas em Imperatriz

A Polícia Militar prendeu, na noite desta quarta-feira (13), na cidade de Imperatriz, o comerciante identificado como Wendel Silva Machado. Ele matou Carla Tayra Sousa de Oliveira, de 19 anos.

O corpo da jovem, que era namorada do assassino, foi encontrado na Avenida Pedro Neiva de Santana, no Bairro Camaçari, em Imperatriz.

Segundo informações de testemunhas, por volta da meia-noite dessa terça-feira (12), uma caminhonete Hilux, cor prata, foi vista no local onde o corpo foi encontrado. Carla Tayra foi morta com uma profunda facada no pescoço e com perfurações em várias parte do corpo.

A prisão do assassino aconteceu em um bar na Rua Rio Grande do Norte, no Bairro Bacuri, onde estava desde cedo. No momento em que os policias militares chegaram ao local, ele jogou a chave da caminhonete Hilux debaixo de um balcão e informou que estava de moto.

Depois de pegarem a chave da caminhonete, os policiais foram ao veículo para fazer averiguação e encontraram manchas de sangue no painel. O chapéu que ele usou no momento do crime, conforme uma testemunha que gravou vídeo, foi encontrado no banco traseiro da Hilux.

A Polícia fez a apresentação de Wendel Machado no Plantão Central. Ele foi autuado em flagrante e foi encaminhado ao presídio, onde ficará à disposição da Justiça.

O delegado James informou que o suspeito tem passagem pela polícia por crime porte ilegal de arma de fogo.

Ex-prefeito de Morros é alvo de operação por desviar bens públicos

Na manhã desta quarta-feira (13), policiais da Delegacia de Rosário realizaram uma operação e cumpriram quatro mandados de busca e apreensão contra suspeitos de desviar bens públicos nas prefeituras de Morros, Axixá e Icatu.

Os policiais estiveram em quatro endereços, inclusive de ex-secretários municipais e o ex-prefeito de Morros, Sidrack Santos. Na ocasião, os policiais apreenderam documentos, bens e instrumentos.

De acordo com as investigações, que foi detectado o roubo e ocultação de bens municipais como: tratores, toneladas de brita, motores de rabeta, roçadeiras, caixas d’água, GPS, betoneiras, filmadoras, máquinas fotográficas, notebooks, pendrives, barcos e equipamentos de pesca, maquinário, materiais de construção, equipamentos eletrônicos, HDs, CPUs das Secretarias de Administração, Finanças e Setor de Compras.

Procuradoria denuncia quadrilha especializada em roubo de cargas dos Correios

O Ministério Público Federal (MPF) no Maranhão, por meio da Procuradoria da República no Município de Imperatriz (PRM/ITZ), denunciou uma organização criminosa que efetuava roubos de objetos postais transportados por caminhões de empresas prestadoras de serviços aos Correios, em rota que liga a capital e a cidade de Imperatriz, entre 2019 e 2020.

Em investigação complexa, por meio da operação “Postagem Noturna”, com interceptações telefônicas e afastamento de sigilo telemático autorizados em fase preliminar, foi apurado que o grupo, composto por ao menos 13 pessoas, atuava em roubos com violência, graves ameaças e utilizando armas de fogo, nas proximidades de povoados que integram os municípios de Açailândia, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu e Imperatriz.

De acordo com a denúncia, cinco ações criminosas ocorreram nos dias 29/11, 25/12/ 2019 e 08/04, 01/06, 18/06/2020, e os principais alvos eram telefones celulares novos, além de diversas cargas pessoais, que foram dadas como perdidas pelos Correios. Para evitar que o sistema de rastreamento em tempo real da transportadora verificasse a saída de rota dos caminhões e emitissem alerta, os assaltos ocorriam em locais próximos à rodovia principal.

Além dos eventos citados na denúncia, crimes relacionados também estão sendo investigados. Assim, o MPF/MA requer, na Justiça Federal, a citação e, em seguida, condenação dos acusados pela prática dos fatos detalhados em inquérito policial.